Últimas notícias

Funcionário morre e loja esconde corpo atrás de guarda-sóis


Um funcionário morreu dentro de uma loja da rede de hipermercados Carrefour e o corpo foi escondido por colegas atrás de guarda-sóis e tapumes. A situação ocorreu na unidade do Recife, capital de Pernambuco, e gerou revolta nas redes sociais na terça-feira (18), mas aconteceu na última sexta (14).

Enquanto promovia produtos alimentícios, Moisés Santos sofreu um mal súbito e faleceu. Então, os outros funcionários da loja bloquearam o acesso visual ao corpo do colega para manter a unidade em funcionamento. O corpo de Moisés só foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML) às 12h, a morte ocorreu às 8h.

Após a repercussão negativa, o Carrefour lamentou a morte do homem e afirmou que irá alterar os protocolos. Ainda segundo a loja, Moisés recebeu os primeiros-socorros quando começou a passar mal.

“O inesperado falecimento do Sr. Moisés Santos, vítima de um infarto, foi um triste acontecimento para todos colaboradores. O Carrefour sente muito e informa que, por conta do ocorrido, revisitou seus protocolos, implementando a obrigatoriedade de fechamento das lojas para fatalidades como essa”, diz uma parte da nota.