Justiça Federal proíbe governo de fazer campanha do kit-covid Decisão da 6ª Vara Cível de São Paulo também impede veiculação de propaganda sobre o tratamento precoce em todos os meios - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Justiça Federal proíbe governo de fazer campanha do kit-covid Decisão da 6ª Vara Cível de São Paulo também impede veiculação de propaganda sobre o tratamento precoce em todos os meios

 

Justiça veta propaganda do "kit-covid", ineficaz para tratamento da doença

Justiça veta propaganda do "kit-covid", ineficaz para tratamento da doença

MONTAGEM/R7

Uma decisão da Justiça Federal da última quinta-feira (29) proíbe a Secom (Secretaria de Comunicação) do governo federal de promover campanhas publicitárias, na televisão, internet, redes sociais ou quaisquer outros meios, do chamado "kit-covid" e do tratamento precoce contra a doença. A decisão atende a um pedido, via Ação Civil Pública, de Luna Brandão.

O despacho da juíza Ana Lúcia Petri Betto, da 6ª Vara Cível Federal de São Paulo, determina o veto a "patrocinar ações publicitárias, por qualquer meio que seja, que contenham referências, diretas ou indiretas, a medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19".