Padre é preso suspeito de dopar e estuprar jovem em Goiás - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Padre é preso suspeito de dopar e estuprar jovem em Goiás

Reprodução: Facebook

Ricardo Campos Parreiras tinha mandado de prisão em aberto, que foi cumprido na última quarta-feira (14/7), em Goiânia. A juíza Mariana de Queiroz decretou a prisão temporária dele no dia 8 de julho.

O jovem, hoje com 23 anos, contou à Justiça que demorou para fazer a denúncia porque tinha receio da repercussão do caso. Segundo ele, o padre era conhecido de seu avô, que nem desconfiava do suposto crime.

Em depoimento à polícia, o jovem contou que o estupro aconteceu durante viagem com o avô para trabalho missionário em Nova Crixás. Ele teria conhecido o padre ao chegar à cidade goiana e, assim como seu avô, ficou hospedado na casa do pároco por cinco dias.

 O jovem disse que sentou em uma ponta do sofá e o padre na outra. Dessa forma, ficaram fisicamente afastados. Durante a conversa, segundo o rapaz, o pároco começou a abordar temas sexuais.

“Eu estava incomodado com o assunto. Ele percebeu e me ofereceu um suco de uva. Fiquei na dúvida porque sou bem pé a trás com tudo, mas aceitei. Enfim, era um padre, não desconfiei no momento. Ele colocou alguma droga no suco”, afirmou.