Salvador define evento-teste com 500 pessoas e projeta volta de shows em agosto - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Salvador define evento-teste com 500 pessoas e projeta volta de shows em agosto

 O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), informou nesta segunda-feira (5) que fará no dia 29 de julho o primeiro evento-teste para retomada do setor de entretenimento em Salvador após 15 meses de pandemia.

O primeiro evento terá público de 500 pessoas -todas elas vacinadas com pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19- e será realizado no Centro de Convenções de Salvador.

A prefeitura negocia uma parceria com a Fiocruz para realizar um estudo no qual irá monitorar possíveis casos de Covid-19 no público do evento-teste.

O passo seguinte seria a realização de um segundo evento-teste com um público maior. Uma das opções em estudo é realização de um mini-Carnaval em uma das três ilhas de Salvador -Bom Jesus, Ilha dos Frades ou Ilha de Maré.

O evento seria restrito apenas para a população da ilha e a prefeitura montaria barreiras para impedir a entrada de pessoas de fora. Ainda não há uma data definida.

O formato seria semelhante ao previsto para setembro no Rio de Janeiro, onde o prefeito Eduardo Paes (PSD) anunciou a realização de uma Carnaval fora de época na ilha de Paquetá, bairro insular a 17 km do continente.

Para viabilizar o evento em Salvador, a prefeitura acelerou ao longo da última semana a imunização da população das ilhas, regiões cujo patamar de imunização já era alto pela presença maciça de quilombolas.

O prefeito Bruno Reis projeta a retomada de eventos do setor de entretenimento em Salvador a partir do mês de agosto.

"Vamos retomar os eventos, shows, com protocolos e todos os procedimentos de segurança. A gente quer retomar", afirmou à reportagem. Num primeiro momento, haverá limite de público.

Os eventos sociais, como formaturas e casamentos, devem ser liberados já nesta semana, assim como a abertura de museus, teatros e centros culturais.

Salvador registra nesta segunda-feira uma ocupação de 62% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para Covid-19, com tendência de quada nas últimas semanas.

Segundo a prefeitura, cerca de 53% da população-alvo da imunização na capital baiana já recebeu pelo menos a primeira dose da vacina.