Datena descarta ser vice em chapa com Bolsonaro: "não conte comigo - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Datena descarta ser vice em chapa com Bolsonaro: "não conte comigo

 (crédito: band/ reprodução )
(crédito: band/ reprodução )

O apresentador José Luiz Datena usou o seu programa na Band, nesta terça-feira (3/8), para fazer críticas ao presidente Jair Bolsonaro e descartar a possibilidade de uma eventual chapa com o atual chefe do Executivo para as eleições de 2022. Ele é apontado como provável candidato à presidência pelo PSL, partido que elegeu Bolsonaro em 2018. Durante o programa, o apresentador assegurou ser o candidato do partido.

 Datena afirmou que caso fosse convidado a formar chapa com Bolsonaro recusaria devido ao "apelo antidemocrático" do chefe do Executivo. “É difícil encontrar alguma identificação direta com o Bolsonaro, que fica toda hora dizendo que não vai ter eleição. Como é que você pode ser vice de alguém que diz que não vai ter eleição?, questionou. "Não conte comigo nem passe perto de qualquer convite para desrespeitar as leis e a democracia. Agradeceria o convite e ficaria lisonjeado desde que as pessoas envolvidas fossem democráticas", disse.

O apresentador criticou a defesa de Bolsonaro pelo voto impresso. O presidente tem defendido a mudança no sistema eleitoral, inclusive com ameaças de que não haverá eleição caso o pleito seja decidido pelo voto eletrônico. “Quanto tempo ele vem sendo eleito pelo voto eletrônico? Que se dispute as eleições e quem for melhor, ganhe. Se quiser ganhar, faça campanha e ganhe de novo. Parece até que está com medo de perder as eleições”, afirmou Datena.

Ele se junta a outros partidos e instituições que criticam Bolsonaro pela defesa do voto impresso. Em julho, 11 partidos protocolaram uma requisição no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cobrando que o presidente esclareça acusações de supostas fraudes nas eleições. Ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral também já se manifestaram contrários a mudança. O voto impresso já foi testado em 2002, mas devido a possibilidade de fraudes foi descartado.