Ministro da Educação diz que alunos com deficiência 'atrapalham' demais estudantes - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Ministro da Educação diz que alunos com deficiência 'atrapalham' demais estudantes

 

 (crédito: Polícia Civil/Divulgação)
(crédito: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil informou nessa sexta-feira (13/8) que um médico de 26 anos foi preso em Miraí, na Zona da Mata, suspeito de estuprar a ex-namorada. Outras duas vítimas são apontadas nas investigações. O mandado de prisão temporária foi cumprido na última quinta-feira (12/8)Em um dos casos, a delegada Érica Nascimento Guedes explica que uma jovem, de 22 anos, teve um relacionamento com o investigado entre janeiro e junho deste ano. Os crimes teriam acontecido em Cataguases, onde a vítima reside, e em Miraí, local de residência do suspeito.

“Ela alega ter sofrido, nesse período, os crimes de estupro, mas também estupro de vulnerável, pois o rapaz a teria dopado e mantido relações sexuais com ela desacordada. O investigado também teria divulgado cenas de sexo e nudez sem a autorização da vítima”, explica.

Durante as investigações veio à tona outro caso semelhante. Uma jovem de 25 anos também alega que foi violentada sexualmente após ter sido dopada pelo rapaz e ter ficado desacordada. O crime teria acontecido no município de Muriaé.

Por fim, a Polícia Civil também apurou outra ocorrência envolvendo uma jovem de 21 anos. Em depoimento na Delegacia de Mulheres no município de Alfenas, ela disse que o suspeito também divulgou suas fotos íntimas.

Busca e apreensão 

Ainda conforme a delegada, também foram realizadas oitivas de três testemunhas, e um mandado de busca e apreensão foi cumprido em duas residências do suspeito – uma delas localizada em Miraí e a outra em Cataguases.