Em Grito dos Excluídos, evangélicas chamam Bolsonaro de 'bezerra de ouro': 'É uma farsa' por Lula Bonfim / Fernando Duarte - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Em Grito dos Excluídos, evangélicas chamam Bolsonaro de 'bezerra de ouro': 'É uma farsa' por Lula Bonfim / Fernando Duarte

 

Em Grito dos Excluídos, evangélicas chamam Bolsonaro de 'bezerra de ouro': 'É uma farsa'
Foto: Lula Bonfim/ Bahia Notícias

Participantes do Grito dos Excluídos nessa terça-feira (7), um grupo autoproclamado “Evangélicas e evangélicos pelo #ForaBolsonaro” criticou a forma como o presidente Jair Bolsonaro se apropria do evangelho. Segundo Vanessa Santos, que representa o grupo, “o que o evangelho ensina é totalmente contrário ao que esse presidente faz e fala”. Vanessa ainda tratou o presidente como “bezerro de ouro”, numa referência à passagem bíblica em que os hebreus passam a cultuar a imagem após a fuga do Egito.

 

Na histórica bíblica, Moisés destruiu o bezerra ao descer do Monte Sinai, utilizando as próprias tábuas dos 10 Mandamentos recebidas por ele e enviadas por Deus. Os hebreus teriam adorado o bezerro de ouro acreditando que Deus os havia abondonado.

 

“Deus não está simplesmente acima de todos, mas ele caminha com o povo. Então Bolsonaro é uma farsa, é um bezerro de ouro, que, infelizmente, parte da igreja aderiu as palavras”, explicou a manifestante, que percorre as ruas do centro de Salvador durante as manifestações contra o presidente. “Nós estamos aqui hoje para dizer que a igreja não é uma só e estamos caminhando com o povo como Jesus nos inspira a fazer. Jesus nos ensina a caminhar com os excluídos da nossa sociedade”, completou Vanessa.