Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Pesquisas com pele de tilápia desenvolvidas no Ceará ganham três prêmios neste mês

 


Tratamentos alternativos com pele de tilápia, que são pesquisados no Ceará desde 2015, venceram três  premiações científicas só neste mês de novembro. O mais recente veio no último dia 24, com o “O Curativo Biológico de Pele de Tilápia Liofilizada: Um Novo Dispositivo Regenerativo para Tratamento de Feridas, Queimaduras e Cirurgias Plásticas Reparadoras”.A pesquisa foi desenvolvida por um grupo de alunos de Pós-Graduação do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (UFC). Vencendo três etapas, eles foram coordenados pelo professor. Odorico Moraes.

O mês também foi de conquistas para o estudo “A pele de tilápia na saúde sexual feminina e cirurgias reparadoras complexas: recuperação da função sexual de mulheres com estenose e malformação vaginal, autoaceitação de mulheres transgênero e reparo de sindactilia grave”. 

A produção coordenada pelos pesquisadores Zenilda Bruno e Leonardo Bezerra, médicos e professores na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, foi a vencedora do prêmio DASA/Veja Saude 2021, na categoria  “tratamento”.

A premiação acontece  de forma virtual no dia 15 de dezembro. Essa é a segunda vez que uma pesquisa sobre pele de tilápia vence o Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica.

Já o VII Congresso Brasileiro de Oftamologia premiou a aluna do NPDM, Mirza Melo, pelo trabalho “Enxerto de Pele de Tilápia em Úlcera de Córnea de Cães”, apresentado no evento que aconteceu em Foz do Iguaçu.

DESTAQUE 

 

De acordo com o Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh, a Pesquisa da Pele de Tilápia, coordenada pelo cirurgião plástico Edmar Maciel, soma 19 premiações científicas, todas em primeiro lugar. 

Os prêmios prestigiados envolvem 12 áreas da Medicina e ainda diversos setores da Veterinária e da Odontologia.

A pesquisa tem  mais de 290 colaboradores/pesquisadores e está presente em oito países (EUA, Alemanha, Holanda, Colômbia, Guatemala, Argentina e Equador), além de nove estados brasileiros (CE, SP, RJ, GO, PR, PE, MG e RS, BA).

O estudo foi destaque internacional ainda em séries de televisão como “Grey’s Anatomy”, “The Good Doctor”, “The Resident” e “Vampiros”.