Reclamação por causa de pichação de facção motivou duplo homicídio em Feira de Santana - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Reclamação por causa de pichação de facção motivou duplo homicídio em Feira de Santana

 

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que o duplo homicídio que vitimou tio e sobrinho, no bairro Mangabeira, em Feira de Santana, foi cometido por causa de uma pichação na parede da residência de uma das vítimas. Flávio Santos Vilas Boas, de 35 anos, e o sobrinho Iago Vilas Boas da Silva, 29, foram assassinado no dia 5 de setembro deste ano, na rua Tupinambá.

Segundo informações do delegado Rodolfo Faro, Flávio seria o alvo do criminoso, mas como o sobrinho estava presente, também foi assassinado. A motivação, de acordo com o delegado, foi que Flávio reclamou de um homem que estava pichando o muro da residência com a sigla de uma facção criminosa, gerando uma luta corporal e até tomando uma arma que estava em poder do criminoso. Após esse episódio, o indivíduo voltou acompanhado e cometeu o duplo homicídio. Ouça o delegado

Tocador de áudio

A polícia informa que o autor dos crimes segue foragido e as diligências continuam no sentido de capturá-lo.

O crime

Um duplo homicídio foi registrado por volta das 20h de domingo (5/9), na rua Tupinambá, no bairro Mangabeira, em Feira de Santana.

Segundo informações, Flávio Santos Vilas Boas, de 35 anos, e o sobrinho Iago Vilas Boas da Silva, 29, estavam bebendo em frente a uma residência, quando foram surpreendidos por desconhecidos que estavam em um veícul Gol, vermelho, e terminaram baleados.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagens reprodução