Criminosos vendem senhas e logins que permitem alterar cadastro do SUS - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Criminosos vendem senhas e logins que permitem alterar cadastro do SUS



 Logins e senhas dos sistemas do Cadastro Nacional de Usuários do SUS (CadSUS) e E-SUS, pertencentes ao Ministério da Saúde, estão à venda na internet. Os anúncios foram encontrados pela equipe de reportagem do jornal Folha de S. Paulo, em sites com Facebook e o Youtube.

O acesso oferecido pelos criminosos permite que os compradores façam alterações nas fichas registradas no sistema. É possível mudar o nome do pai ou o tipo sanguíneo, modificar documentos e até mesmo declarar óbito de uma pessoa.

Ainda segundo o jornal, a ação dos criminosos antecede o ataque hacker sofrido pelo Ministério da Saúde, na manhã desta sexta-feira (10), evidenciando ainda mais a fragilidade do sistema.

Repórteres da Folha chegaram a entrar em contato com um dos anunciantes, sem se identificar. O repórter recebeu a oferta de um acesso que permitiria alterar fichas cadastrais e consultar dados pessoais no CadSUS por R$ 250 por mês.

Com o acesso ao CadSUS é possível alterar a raça, tipo sanguíneo, nome do pai, nacionalidade, cidade de nascimento, acrescentar ou alterar nome social, número de telefone, endereço, além de declarar óbito. Também é possível acrescentar dados de certidão de casamento, nascimento e outras. 

As pessoas por trás desse esquema são operadores credenciados no sistema, não hackers. Funcionários, dentre eles médicos, associam-se aos criminosos e vendem as senhas.