Lideranças evangélicas buscam traidores de Mendonça para retaliação eleitoral - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Lideranças evangélicas buscam traidores de Mendonça para retaliação eleitoral



 Lideranças evangélicas dizem que estão cruzando informações para descobrir quem são os senadores que traíram André Mendonça na votação que o aprovou para vaga de ministro do Supremo. Nas contas dos apoiadores do ex-AGU, sete parlamentares não cumpriram com as palavras que deram e votaram pela rejeição do nome do indicado do presidente Jair Bolsonaro. O mapeamento vai servir, afirmam, para uma força-tarefa com a base evangélica nas eleições do ano que vem contra os traidores.

Mendonça foi aprovado com 47 votos, a menor quantidade dentre todos os atuais integrantes do STF. “Vamos descobrir quais foram as sete traições que tivemos. Estamos mapeando”, disse ao Painel o deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ).

“Mas o maior marido traído foi o Davi Alcolumbre (DEM-AP). O chifre deve estar doendo”, completou. O ex-presidente do Senado fez campanha nos bastidores para derrotar o indicado de Bolsonaro e falava a colegas que teria entre 48 e 52 votos contra Mendonça.