Preso mais um suspeito por participação nas mortes de tio e sobrinho após furto - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Preso mais um suspeito por participação nas mortes de tio e sobrinho após furto




 A polícia prendeu mais um suspeito de participação nas mortes de tio e sobrinho após furto de carne no supermercado Atakadão Atakarejo, localizado em Amaralina, em abril deste ano. Bruno e Yan Barros foram assassinados após serem entregues a traficantes do Complexo do Nordeste. 

Conforme a Polícia Civil, o mandado foi expedido pela 1ª Vara de Tóxicos de Salvador e cumprido por equipes do Grupo Capturas (GCAP), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O homem, que não teve a identidade divulgada, foi conduzido para a 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico) e o celular apreendido com ele encaminhado à perícia. Ele foi submetido a exame de lesões corporais e está à disposição da Justiça.

Em julho, a Justiça decretou a prisão preventiva de 11 dos 13 denunciados pelo Ministério Público estadual (MP-BA) por envolvimento nas mortes de Bruno Barros da Silva e Yan Barros da Silva no último dia 26 de abril. O pedido de prisão foi feito pela promotora de Justiça Ana Rita Nascimento.

A pedido do MP, a juíza Gelzi Almeida Souza decretou a prisão preventiva dos denunciados Agnaldo Santos de Assis, Cláudio Reis Novais, Cristiano Rebouças Simões, Victor Juan Caetano Almeida, David de Oliveira Santos, Francisco Santos Menezes, Lucas dos Santos, João Paulo Souza Santos, Alex de Oliveira Santos, Janderson Luís Silva de Oliveira e Rafael Assis Amaro Nascimento.