Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Tenente do Exército mata marido a tiros e simula assalto para escapar da PM

 


Um empresário de 52 anos morreu na terça-feira (25), após ser baleado pela mulher, uma tenente dentista do Exército, de 41 anos. Bruno Piva Júnior estava internado em uma unidade de saúde há 50 dias.

O crime aconteceu na porta da residência do casal, na cidade de Praia Grande, no litoral de São Paulo, na frente da filha do empresário, uma adolescente que é fruto de um relacionamento anterior.

O momento em que Bruno é baleado por Karina de Freitas Fogolin foi registrado por uma câmera de segurança instalada em uma residência vizinha.

Em depoimento, a tenente dentista justificou que atirou contra o marido por sofrer agressões, aléNas imagens gravadas momentos antes do crime, é possível ver que Bruno está ao lado do carro da família, na companhia da filha, quando, aparentemente, a mulher inicia uma discussão.

Logo em seguida, ela se vira, engatilha a arma e entra na residência. Segundos depois, volta, mira em direção à vítima e faz os disparos.

O empresário cai no chão e se levanta com dificuldade. A filha dele entra em desespero. A mulher simula que a família sofreu uma tentativa de assalto, entra no carro, mas não dá partida no veículo.

Logo em seguida, policiais chegam no local. A princípio, a tenente dentista tenta convencer os agentes que o disparo havia sido feito por um ladrão.

Vizinhos levaram o homem até uma unidade de saúde, onde ele recebeu atendimento médico. Lá, a vítima passou por cirurgia de emergência e permaneceu internada até a manhã de terça-feira (25), quando não resistium de ter tido seu dinheiro desviado por ele. Ela nunca registrou uma queixa contra o homem