Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

CJN revoga afastamento do juiz Marcio Braga, único da Faroeste que foi reintegrado

 

CJN revoga afastamento do juiz Marcio Braga, único da Faroeste que foi reintegrado
Foto: Divulgação

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) revogou, nesta sexta-feira (25), o afastamento do Juiz Márcio Braga das atividades. O magistrado responde processo administrativo disciplinar, sendo o único juiz investigado na Operação Faroeste a ser reintegrado às atividades. 

 

"Deixando de renovar o afastamento cautelar do juiz M.R.M.B., a fim de manter o paralelismo com o decidido pelo STJ, mantendo o afastamento cautelar dos demais processados, nos termos do voto do relator", pontuou Carla Fabiane Abreu Aranha, coordenadora de processamento de feitos. 

 

Anteriormente, o vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Carlos Roberto Santos Araújo, constituiu uma comissão para apurar fatos a um desembargador por ter ligação com o juiz investigado na operação Faroeste Márcio Reinaldo Miranda Braga (veja mais). 

 

Votaram os conselheiros: Luiz Fux, Maria Thereza de Assis Moura, Vieira de Mello Filho, Mauro Pereira Martins, Salise Sanchotene, Jane Granzoto, Richard Pae Kim, Marcio Luiz Freitas, Sidney Madruga, Mário Goulart Maia e Luiz Fernando Bandeira de Mello. Não votaram, em razão das vacâncias dos cargos, os conselheiros representante da Justiça do Trabalho, representante do Ministério Público Estadual e os representantes do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

 

“Apesar dos danos irreparáveis já experimentados em decorrência de um afastamento manifestamente ilegal, é de se comemorar esta decisão que começa a fazer justiça ao magistrado Márcio Reinaldo Miranda Braga”, celebrou o advogado dele, Vitor Santana.