Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Justiça manda YouTube retirar fakes de personal que bateu em sem-teto

 


Eduardo Alves confirmou que surtou ao ver sua mulher pelada com um morador de rua no carro
Reprodução/YouTube

personal trainer que agrediu um sem-teto após flagrá-lo tendo relações sexuais com a esposa, no Distrito Federal, conseguiu, na Justiça, determinação para que o YouTube retire todos os canais falsos que têm utilizado a imagem do casal.

1

A juíza da Vara Cível de Planaltina, Josélia Lehner Freitas Fajardo, entendeu que o YouTube “está sendo usado para distorcer os fatos, difamar os autores, além de manchar sua honra e reputação”.Segundo a decisão publicada na terça-feira (12/4), o site tem 24h para promover a imediata indisponibilização dos canais falsos e dos vídeos que tenham “conteúdo ofensivo, difamante, ultrajante à honra, imagem e vida privada do casal”. A juíza fixou em R$ 10 mil a multa em caso de descumprimento.“A parte autora demonstrou que vários canais na plataforma YouTube, mantida pela parte ré, utilizam perfis com nomes semelhantes aos nomes das partes, os quais utilizam os nomes dos autores, com o fim de propagar notícias falsas e distorcidas sobre um fato ocorrido com a autora e noticiado em vários jornais”, escreveu a magistrada.