Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

No cemitério de Periperi, enterros acontecem só pela manhã por ordem do tráfico

 

No cemitério de Periperi, enterros acontecem só pela manhã por ordem do tráfico
Foto: Reprodução / Suburbio News

Por ordem da facção criminosa Bonde do Maluco, os enterros no Cemitério Municipal de Periperi, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, só podem acontecer pela manhã. Conforme revelado pelo jornal Correio, a determinação acontece porque no restante do dia e à noite, covas são usadas como ponto de venda de drogas e também para depósito de armas.

 

"São eles que ficam usando e vendendo drogas. A ordem que deram é para enterrar até o meio-dia, e assim fizemos para sepultar um parente que faleceu de causa natural. Ninguém é maluco de não acatar, porque já sabe o que acontece com quem desobedece. Então, a partir da tarde, o cemitério é todo deles. Das 8h às 12h30, 13h, fica gente deles nos muros, só observando a movimentação de gente e, a partir da tarde, começam a ocupar a área do cemitério. Até armas escondidas já foram encontrada lá", contou em anonimato o familiar de um morto enterrado no local.

 

Outra preocupação é com a frequência de roubos no equipamento. Por conta dos constantes casos de violência, agentes da Guarda Municipal atuam no local para evitar assaltos. “o apoio da Guarda Civil Municipal durante a execução dos serviços de roçagem e capinação no cemitério é necessário a fim de salvaguardar a integridade física dos agentes de limpeza", informou a Secretaria de Ordem Pública (Semop).

 

Por meio de notas, as Polícia Civil e Militar afirmaram que desconhecem a situação. A PC informou que "na 5ª DT/Periperi, unidade que cobre a área citada, não consta nenhuma ocorrência com essas informações". A reportagem também entrou em contato com a Polícia Militar. "De acordo com a 18ª CIPM, a informação é improcedente e a unidade não recebeu nenhuma demanda neste sentido", diz nota da PM.