Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Nove suspeitos de envolvimento com a morte de PMs morreram em confronto nos últimos cinco dias; um foi preso



 Uma força-tarefa da Polícia Militar tem atuado para resolver o caso dos três PMs que foram mortos em 24 horas em Salvador, no último final de semana (7 e 8), na região de Águas Claras e Cajazeiras. Até esta sexta-feira (13), nove suspeitos morreram em confronto com a Polícia, um foi preso e nove armas de fogo foram apreendidas, entre elas um fuzil calibre 556, uma submetralhadora e uma pistola calibre 9mm. Veja o passo a passo das ações realizadas pelo Comando de Policiamento Regional da Capital (CPRC) – Central nesses cinco dias de operação.

Na manhã de segunda-feira (9), guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE) - Polo e do Comando de Policiamento Especializado (CPE) trocaram tiros com um grupo armado na Rua G, localidade da Independência, na Boca da Mata, sendo que um homem foi atingido e socorrido para o Hospital Eládio Lasserre, onde não resistiu, e um outro foi preso.  Com eles foram apreendidos um revólver calibre .38 contendo cinco munições, sendo três deflagradas, 16 porções de maconha, uma balança eletrônica e R$ 20 em espécie. O material apreendido e o preso foram apresentados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Já à tarde, guarnições da Operação Gêmeos, da 3ª CIPM e da Rondesp Central trocaram tiros com indivíduos na Quadra C, Fazenda Grande I e logo após cessar os disparos um dos suspeitos foi encontrado caído ao solo com arma em punho. Ele foi socorrido para o Hospital Eládio Lasserre, onde não resistiu. Um revólver calibre .38 contendo cinco munições, sendo quatro deflagradas, 48 porções de maconha e 48 porções de cocaína encontradas com ele foram apresentados ao DHPP.