• Últimas notícias

    quarta-feira, 23 de agosto de 2017

    Polícia prende um dos criminosos que assaltou o SAMU na Brasília




    Está preso na Delegacia Territorial de Conceição do Jacuipe, o assaltante identificado como, Alef Barbosa da Silva, 22 anos. Ele é acusado de participar no assalto que ocorreu na madrugada de terça-feira (22-08-17), no bairro Brasília, em Feira de Santana, onde roubaram uma equipe do SAMU, quando atendia um paciente.

    Segundo informações do delegado Gean Souza, titular da Delegacia Territorial de Conceição do Jacuipe, Alef foi preso no final da tarde desta quarta-feira (23-08-17), pela guarnição da Subae 28, lotada na 20 ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), quando realizava rondas no bairro do Baldez, ao avistar um indivíduo a bordo de um veículo, durante a abordagem verificou se tratar do carro roubado no dia anterior em Feira de Santana, que inclusive realizou assalto a equipe do SAMU, que realizava atendimento em Feira de Santana.Ainda de acordo com a polícia, com o indivíduo foi encontrado, o veiculo roubado de familiares da vitima que estava sendo atendida, além de pertences dos socorristas, como telefone celular, radio comunicador, relógios, dentre outros.O delegado disse ainda que, Alef é costumeiro na pratica de roubo, é natural de Conceição do Jacuipe, no mês passado, chegou a ser preso em flagrante praticando assaltos no município de Coração de Maria.
    O Assalto Ao SAMU

    Na madrugada de terça-feira (22-08-17), por volta das 5h30, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma família que foi atendida por eles foram assaltados na rua Ágata, bairro Brasília, em Feira de Santana. As vítimas registraram queixa no Complexo Policial Investigador Bandeira, no conjunto Jomafa.
    Segundo informações, quando os socorristas deixavam a residência onde foram atender a um chamado foram surpreendidos por bandidos que chegaram a pé e anunciaram o assalto. Os assaltantes roubaram dois rádios comunicadores da instituição de saúde, objetos pessoais dos funcionários como carteira, relógios, celulares e dinheiro.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Polícia

    Bahia

    Serrinha