Últimas notícias

Ednaldo Rodrigues trabalha nos bastidores para tirar Arilson Bispo do Sindicato dos Árbitros-BA

[Ednaldo Rodrigues trabalha nos bastidores para tirar Arilson Bispo do Sindicato dos Árbitros-BA]

O atual presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, vem trabalhando nos bastidores para tirar o árbitro Arilson Bispo da Anunciação, um dos seus opositores declarados, do cargo de presidente do Sindicato Baiano dos Árbitros de Futebol (Sinbaf).
O dirigente vem mantendo sucessivas reuniões com o árbitro Jailson Macêdo Freitas na tentativa de lançar uma chapa e tomar o poder também no âmbito da arbitragem.
Porém, segundo Arilson, os árbitros filiados à FBF e do quadro nacional foram orientados a não pagar taxa sindical na tentativa de asfixiar o sindicato financeiramente. O próprio Jailson está inadimplente.
Todos os árbitros que estão no quadro da FBF e CBF estão inadimplentes e agora teriam que regularizar a situação para votarem e serem votados. Portanto, dificilmente terá um árbitro do quadro nacional ou da FBF na ativa se candidatando.
"Acompanhei todo o processo nos bastidores. Árbitros constrangidos vieram me falar que queriam estar em dia com o sindicato, mas poderiam sofrer retaliações", disse Arilson.
Ainda assim, uma reunião aconteceu na calada da noite desta quarta-feira (25), na sede da FBF, convocada por Ednaldo Rodrigues. O encontro foi comandado pelo presidente da Comissão de Árbitros da entidade, Vidal Cordeiro Lopes, e o integrante da comissão, Belmiro da Silva. Foram chamados para participar os árbitros do quadro nacional. Segundo informações obtidas pelo Galáticos Online, na chegada à reunião, todos os árbitros foram obrigados a entregar seus aparelhos celulares a uma funcionária da FBF na porta do auditório, para que ninguém fizesse registros de imagem e som. No encontro 'secreto', Vidal pediu para que todos os árbitros, que haviam sido induzidos a não pagar suas mensalidades, agora quitassem seus débitos junto ao Sindicato para que participassem da chapa que está sendo montada pela FBF, que nada tem a ver com o Sinbaf, uma instituição independente da Federação.
"O veneno atingiu eles próprios, pois quiseram asfixiar o sindicato e agora não têm como lançar um candidato. Todos estão inadimplentes", afirmou o presidente do Sinbaf.
O próximo presidente, apoiado por Arilson Bispo deve ser o ex-árbitro Manoel Nunes Loppo Garrido.
Diante do não pagamento dos árbitros da FBF e CBF, o sindicato vem sendo mantido nos últimos três anos pelos árbitros amadores e os que não são aproveitados pela Federação. "São bons Árbitros que a Federação deixa de fora de seus quadros, mas trabalham em campeonatos na capital e interior com o apoio do Sindicato", finalizou.
Arilson está no curso de radialistas e em breve pode pintar comentando sobre arbitragem nos jogos da dupla Ba-Vi em uma grande equipe de esportes do rádio esportivo baiano.