Últimas notícias

Polícia prende em Feira de Santana mais dois suspeitos de sequestrar adolescente em Olindina

Polícia prende em Feira de Santana mais dois suspeitos de sequestrar adolescente em Olindina

Acorda Cidade

Mais dois suspeitos de envolvimento no sequestro de uma adolescente, de 14 anos, ocorrido em 26 de março, na cidade de Olindina, tiveram seus mandados de prisão preventiva cumpridos, na manhã de terça-feira (3), em Feira de Santana. Jonatha Dantas Silva, de 29 anos, e José dos Santos, 33, foram flagrados com mais dois comparsas em um veículo roubado, arma e drogas.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Jonatha estava no centro de Feira quando foi identificado por policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Litoral Norte), da Polícia Militar. Questionado sobre os comparsas, Jonatha indicou a casa onde ele mora naquela cidade, onde os militares encontraram o outro suspeito, José.
Segundo a polícia, na residência havia mais dois homens, Josevan Dionísio dos Santos e Erissinaldo de Souza Luciano, que na companhia dos acusados de serem os sequestradores, haviam roubado na noite anterior um veículo, modelo Hilux, na cor prata, e o Bar do Coroa, localizado em Pompalona, naquela cidade. Um pistola calibre 380 e uma porção de maconha também foram localizadas pelos PMs.
Autuados em flagrante por roubo, os homens foram encaminhados para Salvador para prestar depoimento no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), unidade que investiga o sequestro sofrido pela adolescente e de onde foram solicitados os mandados de prisão. Eles seguirão para o sistema prisional.
O sequestro
Uma adolescente, de 14 anos, foi resgatada de um cativeiro, localizado no município de Antônio Cardoso, cerca de 48 horas após ter sido sequestrada na cidade de Olindina, em 26 de março. O resgate foi o resultado de uma ação conjunta entre as policias Civil, Militar e Federal.
No dia 28, Adenilson Sena de Carvalho, de 43 anos, e Rodrigo Dantas Rodrigues, 20, foram presos em flagrante, após uma negociação que durou 45 minutos, comandada pelo Draco. A garota é filha de um micro empresário da região. As investigações continuam para identificar e prender outras pessoas envolvidas no crime.