Últimas notícias

Embasa corta água do Barradão e presidente do Vitória critica: 'Vagabundos'

[Embasa corta água do Barradão e presidente do Vitória critica: 'Vagabundos']

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) suspendeu o fornecimento de água de toda estrutura do complexo esportivo Manoel Barradas, onde fica o estádio Barradão, no bairro de Canabrava, em Salvador. Segundo o órgão, o corte ocorreu por falta de pagamento. Em mensagem divulgada nas redes sociais, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, chamou os representantes da empresa de vagabundos e disse que a dívida com a Embasa é anterior à gestão dele.

Ele garantiu ainda que a suspensão não afeta o trabalho no clube, que conta com um poço artesiano que fornece água para toda a instalação. "Apenas para que o torcedor do Vitória fique atento, nessa campanha sórdida que tentam fazer contra o clube, avisar que estão divulgando aí que a Embasa cortou a água do Vitória. Quero dizer a vocês que uma das primeiras providencias que estamos tomando aqui era fazer um entroncamento porque temos um poço artesiano com vazão suficiente para atender. Hoje nós temos 400 mil litros de água de reserva. Portanto, não precisamos da água da Embasa", disse Carneiro.

"E essa notícia saiu da própria Embasa, viu? Então os senhores já sabem que os vagabundos estão na Embasa também. São vagabundos da Embasa. E que aqui no Vitória não entram mais", acrescentou o presidente.