Últimas notícias

EUA suspende autorização para uso da cloroquina no tratamento da Covid-19; país doou 2 milhões de doses ao Brasil

EUA suspende autorização para uso da cloroquina no tratamento da Covid-19; país doou 2 milhões de doses ao Brasil
As autoridades dos Estados Unidos anunciaram, nesta segunda-feira (15/6), que irão suspender a autorização de uso emergencial que permitia o uso da cloroquina e do sulfato de hidroxicloroquina para tratar pacientes com o novo coronavírus. O país decidiu aguardar os testes científicos completos para reinserir o remédio no protocolo sanitário.
"Nem é razoável acreditar que os fatores conhecidos e os potenciais benefícios desses produtos superem seus riscos conhecidos e potenciais. Por conseguinte, a FDA revoga o uso emergencial de hidroxicloroquina e cloroquina nos EUA para tratar Covid-19", diz trecho da declaração da Food and Drug Administration (FDA), agência que atua como vigilância sanitária nos EUA.
No início deste mês, o Brasil recebeu dois milhões de doses de hidroxicloroquina dos Estados Unidos, para tratamento da Covid-19. Na ocasião, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, havia dito que a doação fazia parte de uma colaboração entre os dois países.
No dia 25 de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS), já havia anunciado a suspensão do uso clínico do medicamento, no ensaio Solidariedade, iniciativa internacional com 100 países e coordenada pela OMS para buscar tratamentos contra a doença. A entidade, no entanto, voltou atrás e declarou, na última quarta-feira (3/6), que iria retormar os testes com a hidroxicloroquina em pacientes da Covid-19.