Últimas notícias

Sem festejos juninos na Bahia, número de queimados com fogos de artifício reduz mais de 50%


O número de pessoas que sofreram acidentes pelo uso de fogos de artifício caiu 54,09% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram coletados junto às duas unidades estaduais de referência no tratamento de vítimas de queimaduras por fogos.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), no total foram 28 atendimentos, entre os dias 20 e 24 de junho. O Hospital Geral do Estado (HGE) atendeu 23 pacientes e o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus contabilizou cinco feridos. Ano passado, o número total foi 61.

“A pandemia de coronavírus fez com que alguns municípios proibissem a venda de fogos de artifício e fogueiras devido a fumaça e isto somado as restrições impostas pelo Governo do Estado para evitar aglomerações, aliado a fiscalização da polícia militar e prefeituras para os que desobedecessem, fizeram com que tivéssemos essa redução”, explica o secretário Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.