Últimas notícias

Casal é preso após morte de policial; elas viviam vida de luxo com dinheiro da vítima

 


Mayra Pereira e Elisângela Abas foram presas nesta quarta-feira (17), no Paraná, após serem apontadas como autoras do assassinato de um Policial Civil, de 60 anos, em fevereiro deste ano, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro.

O casal vivia uma vida de luxo com viagens caras e hóteis, como uma espécie de lua-de-mel usufruindo do dinheiro roubado após a morte de Ricardo Girardi Araújo. As câmeras de segurança foram cruciais para registrar o crime e a Justiça poder expedir o mandado de prisão para as suspeitas, além das fotos que ambas postavam nas redes sociais. 

Mayra e Elisângela começaram a se relacionar quando ainda estavam presas em um presídio do Rio de Janeiro em 2019. Uma respondia pelo crime de roubo e a outra por tentativa de homicídio, respectivamente. Mayra tinha uma filha com o policial, mas isso não a impediu de bolar o plano com a namorada para matar a vítima, que foi morta a tiros no sofá de casa. Nas redes sociais ela se intitulava de 'Marginal Influencer, ex-detenta' e postava sua vida pessoal todos os dias, inclusive as viagens que tinha com o dinheiro do pai da filha, segundo o dia O DIA.