Modelo, universitária e mãe: a vida paralela da “Gatinha da Cracolândia” - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Modelo, universitária e mãe: a vida paralela da “Gatinha da Cracolândia”

 

Modelo, universitária e mãe: a vida paralela da "Gatinha da Cracolândia"Reprodução

Presa por tráfico de drogas na Cracolândia, ponto famoso de concentração de usuários na região central de São Paulo, Lorraine Romero Bauer, de 19 anos, conhecida como “gatinha da Cracolândia”, aparentava levar uma rotina normal para uma garota de classe média paulistana – fora do submundo das drogas.

Ela mora com a mãe, corretora de imóveis, o irmão e a filha de 10 meses em um condomínio fechado em Barueri, na Grande São Paulo. Desde o começo deste ano estava matriculada na faculdade de Direito de uma universidade privada paulistana.

Lorraine também tentava a carreira como modelo e, 2019, chegou a fazer contato com a agência de modelos com sede em São Paulo e filial no Rio de Janeiro. Ela chegou a trabalhar como garota propaganda de uma marca de roupas de Alphaville.

Desde outubro de 2020, ela se tornou mãe de uma menina e passou a postar vídeos nas redes sociais sobre os desafios da maternidade.