Lutador belga, que não acreditava em covid, morre da doença - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Lutador belga, que não acreditava em covid, morre da doença



.Fred Sinistra, lutador de kickboxing belga, morreu no dia 16 de dezembro, em sua casa, de covid-19. Ele, que sempre negou a existência da doença, e até se recusou a tomar a vacina.

A notícia da morte foi confirmada pela mulher dele, Cécile Sinistra, em sua rede social. "Obrigada todos do fundo do meu coração.  As palavras me faltam no momento, mas meu coração está em paz. Célia e Diego, nunca duvidem que seu papai te ama mais do que todo mundo, nunca se esqueçam dele também e, acima de tudo, ele sempre estará lá para vocês e para mim também", disse se referindo aos dois filhos que teve com Fred e anunciando o velório, que aconteceu na terça-feira (21).

 De acordo com o site belga Sudinfo, o técnico de Sinistra, Osman Yigin, ressaltou que ele não tomou a vacina e se recusava a dizer o nome da covid-19, apelidando-a de “pequeno vírus”. O lutador foi internado no final de novembro, após um ultimato de Yigin, que ameaçou deixá-lo se não procurasse tratamento.

A revista Vice destacou que para Fred, a sua “pouca” idade e sua excelente condição física seriam suficientes para o proteger do coronavírus. O lutador até saiu do hospital por conta própria e tentou se tratar em casa, somente com oxigênio, mas não resistiu às complicações.