Policial é baleado e dois homens morrem durante confronto em Santa Bárbara - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Policial é baleado e dois homens morrem durante confronto em Santa Bárbara

 



Dois homens morreram na madrugada desta terça-feira (4) após trocarem tiros com a Polícia Militar no município de Santa Bárbara. O confronto aconteceu no KM 4, da BR-324.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o Tenente-coronel Muller, comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Serrinha, informou que populares denunciaram a presença de suspeitos de tráfico de drogas.

"Recebemos as informações de populares, através de denúncias anônimas da presença de pessoas praticando crimes, em especial o tráfico de drogas. Nós sabemos que temos a dificuldade de efetivo, então como alternativa para realizar gestão operacional, nós não enviamos uma guarnição sozinha, enviamos duas, tanto a de Santa Bárbara, quanto a de Santanópolis. Logramos êxito ao encontrar os indivíduos e ao receberem a voz de abordagem, ofereceram a resistência e houve o confronto com disparos de arma de fogo. Assim que os policiais militares conseguiram neutralizar os disparos dos agressores, foi verificado que os homens estavam feridos e sendo socorridos imediatamente para o Hospital Municipal de Serrinha, onde deram entrada, mas não resistiram aos ferimentos, constatando os óbitos", explicou.

Ainda durante o confronto, um policial militar também foi atingido e foi socorrido para o Hospital Emec em Feira de Santana. De acordo com o Ten Cel Muller, o PM passou por um procedimento cirúrgico e passa bem.

"Ainda durante o confronto, tivemos a infelicidade maior do nosso policial ser alvejado, ele que serve a Companhia de Santa Bárbara, foi atingido no braço esquerdo. Prontamente, ele foi socorrido para o Hospital Emec em Feira de Santana, realizou um procedimento cirúrgico, para reconstrução óssea e remoção do projétil, mas eu estive com ele, está recebendo total atendimento, tanto do Hospital, quando da Polícia Militar. A família dele também está ciente e a sociedade pode ficar tranquila, porque o nosso soldado está bem, tendo total suporte", concluiu