Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

COLUNA DO MEIO: os favoritos da Câmara Federal, o povo opina e anota aí a chapa completa de ACM Neto

 


Coluna do Meio estreia nesta segunda-feira (14/03) “fazendo contas”, “especulando”, fofocando com “furos” e claro, mostrando números e cenários diante da disputa ao governo baiano entre ACM Neto (União), Jerônimo Rodrigues (PT) e João Roma (PL).

1. ‘Barba’: o vice-governador na chapa de ACM Neto foi praticamente decidido na noite de sábado (12/03) e só não será do Republicanos se acontecer uma catástrofe. Conforme nosso informante, há 99% de chance de ser Marcelo Nilo, que em contrapartida deverá depositar seus votos na conta da pré-candidata a federal Rogéria Araújo e na ‘rabada’ do seu novo partido. Esse teria sido o acordo, inclusive, para expulsar o ministro João Roma do Republicanos. Portanto, anota aí a PROVÁVEL chapa liderada pelo União Brasil: ACM Neto, governador; Marcelo Nilo, vice-governador; e João Leão, senador.

2. Por dentro do PP: o suplente de João Leão será Roberto Muniz e/ou Andrezinho de Cacá. O partido também almeja, em uma eventual vitória de Neto, presidir novamente a Assembléia Legislativa da Bahia (ALBa). Em caso positivo, Nelson Leal seria o nome.

3. O Sol vai brilhar na RMS: O prefeito Dr. Pitágoras, de Candeias, está rindo à toa com sua avaliação positiva de 76% em recente pesquisa do instituto Perfil Estatística. ‘Bonitinho’ é um dos gestores mais bem avaliados da RMS e do recôncavo baiano. Agora, vai usar o seu capital político para emplacar a candidatura de sua esposa Soraia Cabral para deputada estadual. Na bandas da região, Sol como é conhecida, promete brilhar.

4. Exonerações: Com a federação com o PT e o PCdoB, o PV perderá a maioria dos espaços no governo Bruno Reis. O principal cargo da Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) muda ainda esse mês.

5. Conversa com o povo: Seu Carlos, caminhoneiro que ama política, esteve essa semana em Vitória da Conquista e Lençóis. Disse que na sede da capital do sudoeste o povo prefere Neto e na ‘roça’ é 13 independente de quem for o candidato. Sobre a região da Chapada, também opinou: “Lula também broca e puxa Jerônimo”.

5.1. Perguntar não ofende: Os vereadores Maria Marighella e Suíca apoiam o petista Jerônimo Rodrigues ao governo? Um levantamento nas redes sociais dos políticos demonstra que os dois não publicaram nenhum card com a imagem do pré-candidato.

6. Fazendo contas: com o PP na base de ACM Neto, a oposição passa a ter pelo menos 27 deputados estaduais contra 36 do grupo de situação. Jogo equilibrado, Rui pode ter trabalho.

7. Fazendo contas II: no interior, o cenário muda completamente e a oposição passa a comandar a maioria das gestões. Agora os azuis tem cerca de 212 prefeitos contra 192 dos vermelhos. Outros 13 deverão apoiar o esquadrão bolsonarista.

8. Batalhão de choque: Bruno Reis costura para lançar entre 16 e 20 vereadores de Salvador na disputa eleitoral desse ano. Sobre os suplentes, passou de 2 mil votos, entra na lista. A meta é colocar, no mínimo, 600 mil votos de frente para Neto na capital e garantir a eleição no primeiro turno, já que o bolsonarista João Roma está ladeira abaixo.

9. Mário Kertész: parece que o apresentador da Metrópole FM não gostou de receber links do Informe Baiano com ‘furos’ de reportagem. Essa semana emplacamos uma entrevista exclusiva com Dr. Otto garantindo que não disputaria o governo e uma fonte revelou que João Leão estava “fechado” com Neto. As duas notícias juntas renderam quase 300 mil acessos, segundo o Google Analytics. Como diria minha avó, “o sol brilha para todos, vá tomar seu bronzeado”.

10. QUEM SÃO OS FAVORITOS NA DISPUTA DA CÂMARA FEDERAL? SÃO APENAS 39 VAGAS, CONFIRA ABAIXO:

Federação PT PCdoB e PV – Expectativa é eleger 8 ou 9. Pelo menos 7 estão garantidos.
Zé Neto – 110 mil votos
Ivoneide Caetano – 100 mil votos
Alice Portugal – 100 mil
Marta Rodrigues – 90 mil
Daniel Almeida – 90 mil
Afonso Florence – 90 mil
Waldenor Pereira – 90 mil
Brigam por 1 ou 2 vagas vagas: Bacelar, Josias Gomes, Jorge Solla, Valmir Assunção e Joseildo Ramos.

União Brasil – Deve eleger 7 ou 8. Há pelo menos 5 garantidos.
Elmar Nascimento – 160 mil
Paulo Azi – 120 mil
Dal – 120 mil
Arthur Maia – 110 mil
Leur Lomanto Júnior – 100 mil
Brigam por duas ou três vagas vagas: Marizete Bastos, Igor Kannário, Zé Rocha e Marcelinho Guimarães.

PSD – Deve eleger 6 ou 7. Há pelo menos três garantidos.
Diego Coronel 140 mil
Otto Filho 130 mil
Antônio Brito 120 mil
Brigam por 3 ou 4 vagas: Sérgio Brito, Gabriel Nunes, Ricardo Maia, Charles Fernandes, Paulo Magalhães, Cláudia Oliveira e Oziel Oliveira.

PP – Elege pelo menos 4: os favoritos são Cláudio Cajado, Cacá Leão, Ronaldo Carletto e Mário Negromonte Júnior.

PL – Deve eleger 3 federais. Há pelo menos duas vagas garantidas.
Roberta Roma – 90 mil
Jonga Bacelar – 80 mil
Brigam por uma: Alexandre Aleluia, Reverendo Geraldo de Raíssa, Netinho, Capitão Alden e Raimundo da Pesca (pode seguir para o Podemos).

Republicanos: Deve eleger 2 ou 3: Márcio Marinho (120 mil), Alex Santana (100 mil) e Rogéria Araújo (90 mil). É possível que Marcelo Nilo seja escolhido vice-governador pelo partido, que deverá herdar mais 100 mil votos do ex-presidente da Assembléia Legislativa da Bahia (ALBa).

PDT – Deve eleger 2 federais e os favoritos são Félix Mendonça Júnior e Leo Prates. Ambos tem na casa de 90 mil votos. O partido Ciro Gomes acredita ainda em uma terceira vaga, pois deve herdar uma considerável votação de legenda. Correm por fora Anderson Ninho, José Carlos Araújo e Dr. Mangabeira.

Avante – Elege 2 federais. Pastor Isidório conquista uma vaga e deve ser mais uma vez o deputado federal mais votado da Bahia. Porém, a votação será bem menos expressiva que em 2018. Favorito para segunda vaga é Tum. Corre por fora Tito.

Podemos – Partido do presidenciável Sérgio Moro, elege um ou dois. Acredita-se em muitos votos de legenda. Professora Dayane Pimentel é o nome mais forte. O partido pode filiar ainda Raimundo da Pesca, que ainda está no PL.

PSC – Elege 1 deputado e o favorito é Luizinho Sobral, o Federal de ACM Neto na microrregião de Irecê. Correm por fora Heber Santana e Pastor Abílio.

PSDB/Cidadania – Chances reais de eleger um e o favorito é Adolfo Viana. Em uma eventual segunda vaga, Cris Correia acelera e garante a cadeira. Correm por fora Joceval Rodrigues e Mário Galinho de Paulo Afonso.

MDB – Elege 1 ou 2. Os favoritos são Geraldo Júnior e Fábio Vilas-Boas, que tem grandes chances de sair. O partido pode receber também Uldurico Júnior, atualmente no PROS.

Solidariedade – Elege um deputado federal e o favorito é o empresário Alipinho da Doce Mel. Corre por fora Pastor Luciano.

PSB – Tenta garantir uma cadeira e Lídice da Mata é a favorita. Fábio Vilas-Boas, que ainda está no MDB, teria interesse em filiar-se, mas o ex-secretário de Saúde também consta na lista interna da federação das esquerdas.

PROS – Com a saída do presidente Jean Sacramento e o escândalo envolvendo a cúpula nacional, o partido praticamente morreu na Bahia. Por uma questão de sobrevivência, Uldurico Júnior deve sair