Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Exercício militar venezuelano pode provocar confronto com o Brasil?

 

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela

JHONN ZERPA/VENEZUELAN PRESIDENCY/AFP - 4.2.2022

Enquanto todos os olhos do mundo estão voltados para o conflito armado entre Rússia e Ucrânia, muitos se perguntam se ele irá se propagar. Qualquer possibilidade, nesse sentido, assusta. Vários posts estão circulando em redes sociais brasileiras sugerindo uma situação que poderia degenerar para um conflito e envolver o Brasil.

Uma informação que está assustando alguns brasileiros está em vídeo no TikTok, que noticia um treinamento militar ordenado pelo venezuelano Nicolás Maduro, que está repercutindo tanto na plataforma de vídeos quanto no WhatsApp. Seria uma situação que poderia provocar um confronto com o Brasil. Um leitor do MonitoR7 pediu a checagem dessa informaçãoO treinamento militar venezuelano realmente aconteceu. Porém, foi há dois anos. Mais precisamente, no dia 15 de fevereiro de 2020, quando o regime de Nicolás Maduro, na Venezuela iniciou uma série de exercícios militares que receberam o nome de "Escudo Bolivariano 2020".

"Mais de 2 milhões e 300 mil combatentes mobilizados para defender a integridade territorial", escreveu Maduro em suas redes sociais. A declaração no Twitter ocorreu um dia depois do presidente venezuelano, nomeado em eleição considerada fraudulenta, chamar o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de "fascista". Maduro também disse, à época, que Bolsonaro poderia levar o Brasil a um "conflito armado" contra a Venezuela.

Ele se referia ao assalto de militares venezuelanos desertores contra um destacamento da Força Armada venezuelana no estado Bolívar (Sul da Venezuela, na fronteira com o Brasil) em 22 de dezembro de 2019. Na ocasião, um agente morreu e fuzis e lançadores de foguetes foram roubados. Seis militares foram presos e cinco pediram refúgio no Brasil.