Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Rejeição a Bolsonaro cai de 66% para 59% no 1º semestre, diz Quaest

 

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil. Ele tem cabelos curtos, grisalhos e tem a pele clara -metrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

Pesquisa Quaest, encomendada pela Genial Investimentos, divulgada nesta quarta-feira (6/7), mostra que a rejeição do presidente Jair Bolsonaro (PL) caiu de 66% para 59% no primeiro semestre deste ano.No mesmo período, de janeiro a julho deste ano, a rejeição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recuou de 43% para 41%.

Segundo Felipe Nunes, diretor do instituto de pesquisa, a variação pró-Bolsonaro mais significativa se deu no Nordeste, onde, embora a distância permaneça favorável a Lula, a diferença entre eles diminuiu 16 pontos.Também foi observada uma redução da distância entre Lula e Bolsonaro no Sudeste, o que, na avaliação de Nunes, sugere um movimento forte em favor do presidente em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.“O que pode explicar essa variação pró-Bolsonaro? Minha hipótese é que Bolsonaro conseguiu passar a impressão de que está tentando resolver os problemas do povo”, explicou o diretor do instituto.

Ele cita como exemplo a queda no percentual de eleitores que responsabilizam Bolsonaro pelo aumento do preço dos combustíveis (de 28% para 25%).

Ainda de acordo com Nunes, a ação de Bolsonaro só não gerou mais resultado porque os escândalos com a prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e as denúncias de assédio contra o ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, reveladas pelo Metrópoles, também ficaram conhecidas (54% cada uma) e produziram danos sobre as chances de voto em Bolsonaro.