Últimas notícias

Gilmar solta Paulo Preto e ratifica que o STF é vergonha, vexame e desgraça do Brasil — Lula e injustiça

Marcelo Camargo/Agência Brasil
O líder trabalhista e de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva está preso por perseguição política, partidária, ideológica e por preconceito  de classe social, porque no Brasil a luta de classe é real e violenta. Sua condenação injusta é, indelevelmente, um acinte, provocação e deboche contra a sensatez, a inteligência e a dignidade alheia, sobretudo, contrária à verdade e à realidade dos fatos e dos acontecimentos.  
Quero dizer que o encarceramento de Lula, antes de tudo e qualquer coisa é fruto de armação arquitetada a partir de 2013, com maior força e desenvoltura por bandidos e mentirosos, bem como se traduz na maior farsa produzida pela direita golpista em todos os tempos, cujos proprietários da casa grande escravagista e seus ferrabrases, que agem também como feitores togados e jornalistas piores do que seus patrões, são “pródigos” em elaborar falácias, mentiras, trapaças, farsas e todo o tipo de cafajestadas e violências físicas, propagandistas, psicológicas, constitucionais e institucionais.
Trata-se da reverberação universal da mentira e dos meios jurídicos e midiáticos utilizados como arma de perseguição política e partidária por intermédio de covardias inomináveis que se alicerçam no “domínio do fato” e no “lawfare”, além da manipulação da informação por parte da imprensa de negócios privados e controlada por coronéis midiáticos que tratam o Brasil com senzala.
Eles são os próceres da burguesia brasileira e representantes autênticos do sistema de escravidão imposto oficialmente a seres humanos por 388 anos. A escravidão mais longa da história da humanidade, que foi primeiramente efetivada pelos portugueses, mas que ficou por muito mais tempo sob o controle de brasileiros membros da “elite” branca. A escravidão é inerente ao sentimento e à alma da burguesia brasileira — a mais atrasada, reacionária, perversa e corrupta do ocidente. As oligarquias irremediavelmente colonizadas. 
Por isto e por causa disto Lula está preso. Não porque ele roubou, pois carcereiros togados sabedores de que o ex-presidente não roubou, mas simplesmente governou, e para todos os brasileiros. Lula está preso porque é hoje imbatível eleitoralmente, assim como é um político forjado no seio da sociedade, nascido do povo e do povo cuidou, o que causou rancor, mágoa, sentimento de vingança e o famigerado ódio por parte de uma classe média igualmente corrupta em ações e sentimentos, além de pensar igualmente aos ricos, mas sem ter dinhero nos bolsos, mas repleta de dívidas e desprovida de créditos bancários.brasil 247