Atletas do Atlético de Alagoinhas protestam contra falta de pagamento da premiação por Leandro Aragão - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Atletas do Atlético de Alagoinhas protestam contra falta de pagamento da premiação por Leandro Aragão

 

Atletas do Atlético de Alagoinhas protestam contra falta de pagamento da premiação
Foto: Reprodução / Facebook Atlético de Alagoinhas

O elenco do Atlético de Alagoinhas se reapresentou nesta segunda-feira (31), no estádio Carneirão, após a conquista do título do Campeonato Baiano. A equipe vai se preparar para a disputa da Série D do Brasileiro, cuja estreia será no próximo domingo (6), às 16h, contra o ASA, em Arapiraca, pela primeira rodada do Grupo A4. A reportagem do Bahia Notícias apurou que os jogadores fizeram um protesto contra a falta de pagamento da premiação pela conquista do estadual. O diretor de futebol, Luiz Matos Júnior, confirmou o atraso, mas disse que será pago atá sexta (4).

 

"Hoje está todo mundo em dia, só tem o atraso da premiação que ainda não pagamos, porque o presidente está em negociação para ver. Mas explicamos logo, para não prometermos o céu e no final do Brasileiro passar dificuldade. Primeiro vamos ver nosso planejamento financeiro para pode ofertar para eles que estão aqui. Inclusive, não vamos contratar ninguém por enquanto", afirmou em entrevista ao BN. "Realmente a parte da premiação está em aberta. Demos até sexta-feira para fazer o pagamento. A gente já tinha antecipado uma parte antes da final e ofertamos uma outra parte para depois pagar a outra. Mas eles preferiram aguardar para recebe o resto todo", completou.

 

Matos Júnior ainda comentou a nota divulgada pelo clube baiano no último domingo (30), informando que a diretoria havia decidido negociar ou emprestar atletas. Com isso, a disputa da Série D seria com uma equipe alternativa. O dirigente disse que vai tentar manter a base do elenco, mas confirmou que as principais peças da conquista do estadual poderão sair.

 

"Estamos alertando que não vamos entrar com força máxima para subir como a torcida queria. Vamos tentar pelo menos manter uma base. Aquela divulgação do site deixou os meninos assustados. A gente passou só a situação. O Atlético está com o intuito de tentar manter esse elenco que está aí. Eles são merecedores desse reconhecimento, estão na história do clube. Então, a gente quer mantê-los, o problema são as dificuldades financeiras que não permitem ver qual será a forma para isso", explicou. "Vamos tentar buscar para manter. Se não conseguirmos manter, o que vamos fazer? Foi aí que falamos que abriremos mão de emprestar quem tivesse mercado, quem tivesse oportunidade. Quem tivesse oportunidade, realmente não vamos atrapalhar ninguém, vamos emprestar. Vai sair e voltar com as portas abertas. A maioria dos atletas tem contrato até o final do Baiano do ano que vem. E quem não for negociado, volta para disputar as competições do ano que vem. Ou seja, estamos dando opção para todos. A gente pensa em manter e tentar ajustar, reduzir. Mas estamos tentando fazer ao máximo para pelo menos manter o padrão do Baiano para não termos dor de cabeça no final do mês", falou.

 

A conquista do Baianão classificou o Atlético de Alagoinhas para a fase de grupos da Copa do Nordeste e, novamente, para a Copa do Brasil, ambas no ano que vem.

 

"Em 2022 será um ano atípico para a gente, serão três competições só no primeiro semestre e temos que nos planejar bastante para isso. O Brasileiro agora será uma forma para nos equilibrarmos, nos ajustarmos para o ano que vem", finalizou Matos.