Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Russo decide vender clube por R$ 20 bi; valor será doado a vítimas da guerra

 

O bilionário russo, Roman Abramovich, confirmou que irá vender o Chelsea, da Inglaterra. O anúncio foi feito no site oficial do clube nesta quarta-feira (2). De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o empresário deseja receber três bilhões de libras (20,6 bilhões na cotação atual). 

Segundo o comunicado assinado pelo magnata, a negociação não será “acelerada” e vai seguir todos os trâmites necessários. “Também não vou pedir empréstimo para ser reembolsado. Isso [o time] nunca foi um negócio ou [uma forma de ganhar] dinheiro. Trata-se de paixão pelo jogo e pelo clube". 

Ainda de acordo com Abramovich, todo o dinheiro da venda será repassado para uma instituição de caridade que será criada por sua própria equipe. "A fundação será em benefício de todas as vítimas da guerra na Ucrânia. Isso inclui fornecer fundos essenciais para as necessidades urgentes e imediatas das vítimas, bem como apoiar o trabalho de recuperação de longo prazo”, afirmou, segundo o Valor Econômico. 

No Chelsea desde o início dos anos 2000, Abramovich colocou o clube num patamar elevado do futebol mundial. Com forte ligação, ele afirmou ter sido muito difícil tomar a decisão, mas salientou que "será o melhor para o clube". “Foi um privilégio de uma vida fazer parte do Chelsea FC e estou orgulhoso de todas as nossas conquistas.”

O principal candidato a comprar a equipe é o bilionário suíço Hansjorg Wyss, que tem uma fortuna avaliada em 4,3 bilhões de libras -ele mesmo afirmou que foi procurado como potencial comprador do time inglês. "Tenho que esperar quatro a cinco dias agora. Abramovich atualmente está pedindo demais. O Chelsea deve valer uns 2 bilhões de libras", afirmou o bilionário suíço.